Seguidores

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Teu Beijo

-Damáris Lopes -
Como faz engordar-me o doce
Ao saborear os lábios teus
Onde o beijo, como fosse,
Doçura que adoça aos meus.
No encontro que aflora
Sinto entregar-me a um bem
Meus lábios iniciam a hora
Que ultrapassas quando os tens.
Sem indagar o vento,
Sob teu beijo, paralisado,
Sem ponteiro corre o tempo
Teu amor está conjugado.
Dá-me pois, sublime encontro
Sutil quando o permito,
Ou em forças como confronto,
Tua boca não resisto.
Soam rimas neste beijo
Mesmo em olhos vendados
Invade-nos tenro desejo
Desse beijo de amor molhado.
Suplicas então, minha boca,
Ainda em ato roubado,
Rendo-me à resistência pouca
Ao teu beijo, meu doce amado.

4 comentários:

Lisete de Silvio disse...

Ualllssss! verdadeiramente descrevendo paixão.
Brasa.
Fogo.
Y otras cositas más, amigamada!

Amaris Poesia disse...

Amo quando voce passa por aqui, amiga...sempre te espero! Voce sabe tua importancia pra mim...

Beijo

teresapraia disse...

uau.....beijar engorda é?
Ai....que nunca pensado nisto....
Que lindos estes versos poeta!
Porque tu nunca posta na comunidade?
Semeie-os ao vento.....a beleza da arte deve ser partilhada....
Beijo!

amarispoesia disse...

rsrsr...será Teresa? Engorda a alma...deve ser isto...
Obrigada, amiga pela visita.